Escultura equestre Marco Aurélio

A escultura equestre de Marco Aurélio em bronze dourado é a única desse tipo original romana que se salvou da fundição e sobreviveu até os dias de hoje, isso porque ela foi confundida (ainda na Antiguidade) com Constantino, primeiro imperador cristão, sendo chamada de “Caballus Constantini”. Vale lembrar do valor que as esculturas em bronze tinham na Idade Média, elas eram fundidas para o material ser usado em outras obras ou vendido. 

A escultura é do ano 176 d.C., mas não foram encontradas fontes que explicassem sobre onde ela foi colocada, sabe-se que ela foi feita juntamente com outros monumentos em homenagem a vitória de Marco Aurélio sobre os germânicos. Em janeiro de 1538 o Papa Paulo III ordenou que escultura fosse transferida para a colina Capitolina, um ano depois Michelangelo a colocou no centro da praça de acordo com seu projeto.

Hoje a escultura que está na praça é uma cópia da original, que se encontra dentro dos Museus Capitolinos. Vale a pena entrar no museu tanto para ver a original (que é muito mais bonita e impressionante do que a cópia) quanto para ver as outras obras incríveis do museu, além das vistas panorâmicas da cidade de Roma.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *